EETA sedia o encontro das escolas do campo

Evento, promovido pela 28ª Coordenadoria Regional de Educação, reuniu educadores de 16 instituições.

[doptg id=”37″]


 

O encontro das escolas do campo, promovido pela 28ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), reuniu, nesta terça-feira, dia 15 de julho, mais de 180 educadores de 16 instituições estaduais de ensino fundamental. O evento foi realizado nas dependências da Escola Estadual Técnica de Agricultura (EETA), no Passo do Vigário – Viamão. ‘Ciclos de Formação Humana – Planejamento, Avaliação e Currículo’ era o tema norteador da atividade.

A abertura do evento contou com as apresentações artísticas dos alunos de três escolas, que possuem o Programa Mais Educação. A Escola Cônego Pedro Wagner, localizada em Glorinha, trouxe o grupo de teatro e de violão. A Banda Marcial e os grupos de violão do Rui Barbosa também participaram da ocasião. A sequência de apresentações foi finalizada pelo grupo de canto e dança da escola indígena Karaí Nhe’E Katú, localizada na Estiva – Viamão.

O mestre em Educação Marcos Gehrke palestrou sobre ‘Ciclos de Formação Humana: novas possibilidades de organização da escola/ a escola em movimento’. O professor convidado é da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná, que está no Rio Grande do Sul participando de várias capacitações pelo interior do Estado.

A programação do evento também incluiu um espaço para discutir sobre as experiências pedagógicas da Escola Rui Barbosa. O coordenador adjunto da 28ª CRE, Luciano Rodrigo da Silva, elogiou o trabalho da instituição, que atualmente está em obras. “O Rui Barbosa, mesmo com as condições físicas limitadas, consegue alcançar uma excelência educacional. A direção e o corpo docente estão de parabéns”, afirma Luciano.

Antes do encerramento, os educadores realizaram uma reflexão sobre os novos regimentos escolares. Houve também um espaço dedicado para discutir o planejamento, a avaliação e o currículo da escola ciclada.