segunda-feira, 16 julho, 2018

RBS destaca a escola de Viamão que dá aulas no escuro




Omar Freitas / Agencia RBS

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Erico Verissimo, no bairro Lomba do Sabão, em Viamão, começou as aulas sem energia elétrica, e a previsão é que a situação continue assim por pelo menos dois meses. O motivo foi um choque elétrico atingiu uma funcionária enquanto fazia a limpeza da escola no dia 23 de fevereiro. Embora ela não tenha se ferido, o acidente apontou um problema grave na fiação elétrica, que precisa ser completamente trocada.

O reparo se trata de uma obra emergencial e de baixo custo, mas o Estado precisa fazer um processo de licitação para a escolha da empresa. O prédio chegou a ser interditado na primeira semana de aula — entre 26 de fevereiro e 2 de março. Porém, para que os 123 alunos não percam mais aulas, a direção optou por começar o ano letivo às escuras.




A GaúchaZH publicou uma reportagem, nesta terça-feira (20), destacando todos os transtornos e foi em busca de todas as respostas. A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que a escola teve o seu poste desligado devido a uma sobrecarga de energia elétrica, no dia 23 de fevereiro. Conforme a CEEE, havia pelo menos 15 residências no entorno do local com ligações irregulares, que prejudicavam o funcionamento adequado do fornecimento de energia para a instituição de ensino, o que acabou agravando a situação.

Segundo a Seduc, as aulas seguem mesmo sem energia elétrica devido ao pedido feito pela comunidade, durante reunião realizada no início do ano letivo.  A secretaria afirma ainda que a substituição completa do sistema elétrico da escola está sendo providenciada e o valor da obra é de R$ 50 mil. 

Questionada se não há alguma forma de acelerar a conclusão do serviço, a Seduc informou que o processo encontra-se em finalização de projeto, e a expectativa é de que os trabalhos se iniciem em até 30 dias.




Informações: GaúchaZH. 

Link da matéria na íntegra (clique aqui)