quarta-feira, 20 junho, 2018

Inverno: época das doenças respiratórias

Temperaturas baixas aumentam a incidência de alergias, resfriados e gripes.

alex3

A redução da temperatura é um dos principais fatores para o aumento da incidência de doenças respiratórias, como: gripe, resfriado, pneumonia, sinusite, rinite e etc. Concentração de pessoas em lugares fechados e pouco arejados, casacos e cobertores de lã muito tempo guardados e variação de temperatura entre ambientes são alguns exemplos que tornam favoráveis as manifestações alérgicas ou infecciosas.

A melhor forma de se prevenir é praticar hábitos saudáveis, aumentar a hidratação e a alimentação de frutas e verduras ricas em vitamina C, como laranja, morango, kiwi, acerola, mamão, couve-flor, rúcula, alho, cebola, espinafre, tomate, alface, etc. Manter-se em movimento também é fundamental. Atividades físicas periódicas, aliadas a uma dieta saudável, são necessárias para melhorar o sistema imunológico.

No inverno também é um bom momento para uma consulta médica preventiva. Tirar algumas dúvidas, verificar vacinações e rever as medicações utilizadas em momentos de crise. Vale lembrar que a vacina anual da gripe é segura, mas não previne contra todos os vírus. É possível ficar resfriado ou gripado mesmo após a imunização, mas não se manifestarão as formas mais graves do vírus influenza .