sábado, 16 dezembro, 2017

Família tem casa destruída por incêndio e agora precisa de ajuda para recomeçar

 A casa de madeira foi consumida pelas chamas em pouco tempo, deixando família sem moradia

topoface

No início da tarde desta quinta-feira, dia 11,  um incêndio destruiu a residência da  família do senhor Aldo dos Santos Moreira, localizada  na Boa Vista, em Viamão.

No imóvel residiam quatro pessoas da mesma família:  Aldo e a esposa, Mara Regina Moreira dos  Santos, uma filha de 32 anos, e um neto de 18 anos.

01

A filha que tem necessidades especiais, estava com a mãe no momento do incêndio. Segundo Mara, foi tudo muito rápido e só houve tempo para sair com sua filha da casa.” Minha filha estava na cadeira de balanço, foi só o tempo pegá-la e arrastá-la até a rua”, relata.

02

Conforme o senhor Aldo, um curto-circuito numa tomada no quarto do neto teria provocado o início do fogo. 

O corpo de bombeiros  foi acionado, e dois caminhões atenderam a ocorrência, um de Viamão e outro de Alvorada. Uma viatura da Brigada Militar também compareceu ao local.

06

Foto divulgação: Rogério Fernandes

Solidariedade

Tão logo souberam da notícia, moradores das comunidades próximas se mobilizaram para arrecadar doações.

Você quer ajudar? Saiba do que eles precisam

Segundo o casal, toda ajuda sera bem-vinda. Afinal, perderam tudo no incêndio. A família precisa reconstruir a casa, e materiais de construção, neste momento são doações de extrema importância.  Além disso outra preocupação  do casal, é com a filha que precisa de cuidados especiais. Uma cama hospitalar e uma cadeira especial para banho foram destruídas pelo fogo. 

Vestuário: Roupas tamanho GG para o casal, M para o Neto, e para filha com deficiência, roupas leves. Calçados, nºs 35 (feminino) , 40 (masculino) e 42 (masculino).

Saiba como ajudar

Em Águas Claras as doações podem ser entregues na portaria do Condomínio Fazenda Country Club, localizado na ERS-040, km 28, parada 87, aos cuidados de Lu Artesã.

Outra opção para doações é em Capão da Porteira, na casa da irmã de Mara. Neste caso, ligar antes para celular nº 51 – 9810 1843 ( Aldo) ou 51 – 9892 8180 (Mara)