quinta-feira, 21 setembro, 2017

Executores e Multiplicadores do Famílias Fortes recebem capacitação




Iniciou no dia 11 de setembro, no auditório do Centro de Formação Walter Graf, a formação de multiplicadores e executores do programa Família Fortes. Viamão aderiu ao programa do Governo Federal, que tem por objetivo reduzir a violência, o uso de drogas e ensinarem pais e jovens a desenvolverem maneiras eficazes de comunicação e relacionamento.

O programa abrangerá seis escolas municipais, mas será desenvolvido em três pólos: EMEF Vinte de Setembro (Cecília); EMEF Apolinário Alves dos Santos (Águas Claras); e EMEF Recanto da Lagoa. As famílias das EMEFs Cristiano Vieira da Silva (Morro Grande), Residencial Figueira e Santa Cecília serão atendidas nas escolas pólos, listadas acima.

O Famílias Fortes é uma realização das secretarias de Cidadania e Assistência Social, Educação e Saúde. De acordo com a responsável pelo programa na Secretaria Municipal de Educação (SME), Nazaré Carvalho, essa primeira edição atenderá a 45 famílias, 15 por escolas pólos. É destinado a famílias em situação de vulnerabilidade social, com estudantes com idades entre 10 e 14 anos. “Os pré-adolescentes, num primeiro momento, terão atendimento em separado dos pais ou responsáveis. Num segundo momento as famílias serão unidas para, juntos, tentarem resolver os seus problemas”, explica Nazaré.

A capacitação está sendo ministrada pela psicóloga Juliana Escobar e, durante o curso, serão construídas técnicas para estimular as famílias a se comunicarem e a se apoiarem, bem como a ensinar os jovens a lidar com o estresse e a pressão dos amigos. “Serão sete encontros baseado em dois temas: amor e limites; e ter metas e sonhos”, destaca Juliana.