sábado, 26 maio, 2018

Alerta de temporal continua e Estado pode registrar a temperatura mais baixa do ano




Um sistema de baixa pressão se formou no Litoral do Rio Grande do Sul e está espalhando instabilidade por todo o Estado. Por isso, ao longo do dia teremos chuva intensa com trovoadas e ventos fortes nesta sexta-feira (18), inclusive na Capital. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para temporal. 

Os núcleos com previsão de maior intensidade, acompanhados por descargas elétricas e rajadas de vento forte, são os localizados próximos a Passo Fundo, Rio Pardo, Santo Antônio da Patrulha e ao noroeste da Região Metropolitana de Porto Alegre. 

Na Metade Sul, a tendência é que a chuva diminua a partir da tarde, enquanto na Região Norte e na Capital, o temporal ganha força. Nas áreas de divisa com Santa Catarina, há risco de trovoadas e granizo. Os acumulados podem chegar a 100 mm e o vento forte pode alcançar os 100 km/h. 

Outro alerta é para a sensação térmica, que, conforme a Somar Meteorologia, será bem desagradável por causa da umidade e dos ventos intensos. Em Caxias do Sul, a máxima não passa dos 17°C, em Passo Fundo, fica nos 19°C, e em Porto Alegre, a temperatura mais alta chega somente a 22°C.

No sábado (19), a condição para temporais diminui. Uma área de baixa pressão atmosférica, que mais tarde dará origem a um ciclone extratropical e a uma frente fria no Sudeste, vai se afastando do Estado. Mesmo assim, ainda há previsão de chuva e vento na Faixa Leste e Nordeste, incluindo Litoral, Capital e Serra. Além disso, o avanço de uma massa de ar frio derrubará a temperatura, intensificando a sensação de frio tanto pela manhã quanto à tarde. Apenas na Fronteira Oeste não deve chover. À noite, a tendência é que as temperaturas caiam ainda mais.

O avanço de uma massa de ar frio deixa o tempo firme no domingo (20), embora ainda permaneça nublado na maior parte do Rio Grande do Sul. A exceção fica por conta do alto da Serra, que segue com umidade e ventos fortes. No restante do Estado, o tempo fica firme, e poderá ser um dos dias mais frios do ano novamente.

NEVE

Durante a madrugada de domingo ainda há risco para eventual queda de neve na serra catarinense, especialmente nos municípios mais altos de Santa Catarina. Porém, o fenômeno tende a ser isolado. No Rio Grande do Sul, não há desenho de neve nos ícones de previsão, segundo a Somar Meteorologia, mas há uma remota chance de alguma chuva congelada ou de alguns flocos em São José dos Ausentes.

A Somar não recomenda a procura pelo fenômeno, já que os ventos muito fortes geram risco para transtornos e as temperaturas devem fica abaixo dos 3°C.

TENDÊNCIA

Com a intensificação de uma massa de ar frio, os próximos dias serão marcados por tempo mais firme, frio e com geadas nos pontos mais altos do Rio Grande do Sul. Entretanto, com o retorno do tempo firme, o sol predomina e deixa as temperaturas da tarde mais agradáveis.




Informações GaúchaZH.