quarta-feira, 20 junho, 2018

Abacate auxilia no controle da diabetes e do colesterol

A fruta é rica em vitamina E, gorduras monoinsaturadas e sais minerais.

Abacate

Adicionar porções diárias de abacate na dieta podem controlar diabetes e colesterol e prevenir contra o reumatismo. A fruta é rica em vitamina E, gorduras monoinsaturadas, sais minerais e glutationa, substância antioxidante. A gordura, responsável pelo alto valor energético do abacate, provoca o aumento do colesterol HDL, considerado o bom colesterol. Protege as artérias e auxilia o tratamento de doenças cardiovasculares. Os níveis de açúcar no sangue são controlados, pois a fruta não tem uma grande quantidade de carboidrato. Além disso, o alto teor em fibra aumenta a saciedade e ajudar o diabético a cumprir os horários das refeições.

Além da vitamina E, o abacate contém as vitaminas A, B 1 e B 2. Proteínas, ferro, cálcio, magnésio, fósforo, hidrato de carbono, açúcar, fitosterol, lecitina, tanino e ácido oléico, linoléico e palmítico são outros nutrientes encontrados. O magnésio ajuda no metabolismo da glicose e a nutrir os nervos e o cérebro. O cálcio combate a osteoporose. O ferro combate a anemia e ajuda a formar as hemácias. O fósforo e o cálcio ajudam na mineralização dos ossos e nos neurônios, melhorando o raciocínio.

Rico em fibras, o abacate auxilia no emagrecimento, pois diminui o apetite. Mas cuidado com a porção, o abacate é muito calórico e tem muita gordura. Na musculação, a fruta evita a fadiga muscular e combate os radicais livres. Melhora o tônus da pele, retarda a formação de manchas oriundas do envelhecimento e ajuda no combate de estrias, rugas e celulite. É possível também hidratar os cabelos com um máscara capilar feita com a polpa do abacate. O efeito será cabelos brilhantes e macios.