sábado, 16 dezembro, 2017

3º Encontro Regional de Visitadores de 2017 acontece em Viamão





A Primeira Infância Melhor – PIM – da Secretaria de Saúde de Viamão, junto com o Programa Infância Melhor, da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, está promovendo, nesta quinta-feira, dia 7, o 3º Encontro Regional de Visitadores 2017.

O evento que está acontecendo no auditório da Walter Graff, tem como objetivo comemorar o 4º ano do PIM e o 1º ano do Criança Feliz, em Viamão, conforme relatou a psicóloga e coordenadora do Criança Feliz, Viviane Dias. Uma Fusão entre os programas Criança Feliz e PIM, para ampliar o atendimento à primeira infância em Viamão, passando a se chamar Criança Feliz/PIM.

O encontro teve a presença do secretário municipal de Saúde, Luis Augusto Carvalho, da secretária de Cidadania e Assistência Social, Maria Rita Cardozo, da Kelly Cunha, integrante do grupo técnico estadual, dos visitadores do Programa, vindos de vários municípios do estado, assim como a coordenadora do Criança Feliz, Viviane Cunha. O tema tratado é a “gestação”, sempre com o intuito de melhor cuidar e orientar as famílias.

A secretária de Cidadania e Assistência Social, Maria Rita Cardozo, declarou que o Programa só é possível graças ao trabalho em equipe das secretarias, e parabenizou os visitadores pela a humanização que os eles proporcionam às famílias, através de um trabalho que exige muito empenho e dedicação. Assim como o secretário de Saúde, Luis Augusto Carvalho, que ressaltou a importância da integração das políticas públicas para melhorar a vida das pessoas.

Desde que o PIM foi implantado no município, em 2013, diversas crianças foram atendidas pelos visitadores. De lá para cá, Viamão se tornou referência no Rio Grande do Sul. O município já recebeu pesquisadores do Canadá, interessados em aplicar a metodologia em seu país, e recentemente recebeu, pelo quarto ano consecutivo, o Prêmio Salvador Celia, na categoria Estratégia de Saúde da Família – ESF – na região metropolitana. Na sua sétima edição, o prêmio Salvador Celia tem como objetivo promover a integração das Políticas de Atenção Básica e reconhecer publicamente as práticas de Visitadores e Agentes Comunitários de Saúde dos territórios.